V Concurso Internacional BNDES de Piano – 2016

Homenagem a Lucia Branco e Camargo Guarnieri

De 30 de novembro a 10 de dezembro de 2016

Patrocinador exclusivo
V Concurso Internacional BNDES de Piano do Rio de Janeiro

Clique aqui para ver todos os vídeos.

dezembro, 2011

O Festival Internacional BNDES de Piano chega ao final

Fábio Martino, Lukas Geniusas e Kotaro Fukuma encerraram no Rio a parte dos jovens pianistas no Festival Internacional BNDES de Piano. Eles se apresentaram ao longo desta semana (terça, sexta e sábado, dias 6, 9 e 10/12), sempre no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ. O roteiro nacional – que teve recitais em Aracaju, Fortaleza, Recife, Belém e Manaus – termina na segunda, 12/12, com a apresentação de Kotaro Fukuma no Teatro Amazonas.

Neste domingo, o recital de Nelson Freire no Theatro Municipal do Rio de Janeiro fecha o Festival na cidade.

Acompanhe aqui Fábio Martino interpretando SCHUMANN – Drei Fantasiestucke op. 111

Kotaro Fukuma, segundo colocado no Concurso Internacional BNDES de Piano em 2010, toca no Rio dia 10/12, sábado, e em Manaus dia 12/12.

O jovem Kotaro Fukuma, segundo colocado no Concurso Internacional BNDES de Piano de 2010, deu uma entrevista por email ao site do Concurso, entre um concerto e outro (“estou escrevendo na partida de Berlim para Nova York”). Kotaro se apresenta no Rio de Janeiro dia 10 de dezembro, sábado, no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ, às 19h, e no Teatro Amazonas, em Manaus, dia 12, segunda-feira.

Contando que a música entrou muito cedo em sua vida (“minhas irmãs mais velhas estudavam piano e eu insistia em aprender – o que começou a acontecer no meu quinto aniversário”), mostra que está felicíssimo em voltar ao Brasil – e muito interessado na viagem para a Amazônia.

- Estou louco para conhecer a região – diz ele. – Fiquei muito honrado com a premiação do ano passado, quando vim pela primeira vez ao Brasil. Tive dez dias fantásticos aqui, especialmente com a apresentação Concerto no. 2 de Liszt com a Orquestra Sinfônica Brasileira no lindo Theatro Municipal, na finalíssima. Adorei a comida brasileira, a natureza e também a cordialidade.

Kotaro conhece Bossa-Nova: “Elisa (sic) Regina cantando Águas de Marco!”; e gosta de musica techno (“para dançar!”), pop, jazz e canções francesas. “Mas claro que eu ouço música clássica quase todo o tempo”. Sua rotina de estudo tem normalmente de entre 3 a 5 horas diárias ao piano mas, em tempos de grande exigência, como antes de um concurso, o tempo dedicado ao piano passa de seis horas. Apesar disso, cultiva muitos interesses como esportes e gastronomia, e quer aprender muitos idiomas, inclusive o português.

Antes de embarcar para o Rio, Kotaro toca no Weill Hall do Carnegie Hall em Nova York. O programa brasileiro tem peças de Bach, Beethoven, e os 3 L: Liszt, Ligeti e Liapounov.

O Festival prossegue: Evgeny Brakhman se apresenta no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ, no Rio, e Fábio Martino toca em Fortaleza

Os dois primeiros recitais do Festival Internacional BNDES de Piano, após a abertura no domingo com Daniil Trifonov no Theatro Municipal do Rio, aconteceram terça-feira, dia 29/11, e na quarta, 30/11. Na terça, o pianista russo Evgeny Brakhman, terceiro colocado no II Concurso Internacional BNDES de Piano do Rio de Janeiro, em 2010, se apresentou no Salão Leopoldo Miguez da escola de Música da UFRJ, tocando no novo instrumento Steinway adquirido pelo BNDES. “O salão tem uma acústica espetacular, e o piano é excepcional”, declarou Brakhman mais tarde. O programa teve Bach-F. Busoni (Chaconne em ré menor),Rachmaninov (Três prelúdios op. 23 e 32), Brahms (Seis peças op. 118) e Prokofiev (Sonata nº 7 em Si bemol Maior op. 83 ). Ele se apresenta neste sábado, dia 3/12, na Biblioteca Epifâneo Dórea, em Aracaju.

 

Já Fábio Martino, grande vencedor do Concurso Internacional BNDES de Piano em 2010, inaugurou os recitais pelo Norte-Nordeste tocando no Teatro José de Alencar em Fortaleza. No programa, Brahms  (Sonata nº 1 op. 1), Liszt (Harmonies poétiques et religieuses / Pater Noster / Bénédiction de Dieu dans la solitude) e Scriabin (Sonata nº 5 op. 53).

Martino segue para Belém, onde toca com a Orquestra Altino Pimenta da Escola de Música da Universidade Federal do Pará sob a regência de Phillippe Forget), dia 4 de dezembro no Teatro da Paz, interpretando o Concerto no. 5 de Beethoven (o Imperador).

No Rio, ele faz recital no dia 6 de dezembro, no Salão Leopoldo Miguez da Escola Nacional de Música da UFRJ.

Livro “Guiomar Novaes do Brasil” será vendido nas Livrarias Cultura a partir de 12/12


Guiomar novaes

O livro, dos jornalistas Luciana Medeiros e João Luiz Sampaio, acompanha a trajetória da grande pianista brasileira com foco em sua carreira nova-iorquina, trazendo dois CDs com três concertos de Guiomar à frente da New York Philharmonic, além de faixas-bônus extraídas de recitais.

“Guiomar Novaes do Brasil” estará à venda nas nas lojas e no site da Livraria Cultura.

Clique aqui para ouvir SCHUMANN – Papillons Op. 2 Gravada no Hunter College, 22 de outubro de 1966 (16’55”)