V Concurso Internacional BNDES de Piano – 2016

Homenagem a Lucia Branco e Camargo Guarnieri

De 30 de novembro a 10 de dezembro de 2016

Patrocinador exclusivo
V Concurso Internacional BNDES de Piano do Rio de Janeiro

Clique aqui para ver todos os vídeos.

IRINEU FRANCO PERPÉTUO

Jornalista e tradutor, colaborador da revista Concerto e jurado do concurso de música Prelúdio, da TV Cultura, Irineu ministra cursos e oficinas na Casa do Saber e em diversas unidades do Sesc de São Paulo, e dá palestras na série de concertos da Sociedade de Cultura Artística (São Paulo), Festival Virtuosi (Recife) e Festival Artes Vertentes (Tiradentes). Como palestrante, já falou em instituições como a Universidade de São Paulo, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, Universidade de São Petersburgo e University of Texas de Austin.
Com mais de duas décadas de atuação na crítica musical brasileira e internacional, foi correspondente no Brasil da revista Ópera Actua (Barcelona), colaborou com o jornal Folha de S. Paulo e revistas especializadas como Bravo, Classic CD e Viva Música. Vem atuando como jurado de competições como o Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão e o Prêmio Ernani de Almeida Machado, da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, dentre outras. Redige notas de programas para instituições como o Theatro Municipal de São Paulo, Theatro Municipal do Rio de Janeiro e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, para a qual escreveu textos de encarte de CDs e DVDs lançados no mercado mundial.
Na área de livros, é co-autor, com Alexandre Pavan, de “Populares &Eruditos” (Editora Invenção, 2001), e autor de “Cyro Pereira – Maestro” (DBA Editora, 2005) e dos audiolivros “História da Música Clássica” (Livro Falante, 2008), “Alma Brasileira: A Trajetória de Villa-Lobos” (Livro Falante, 2011) e “Chopin: O Poeta do Piano” (Livro Falante, 2012).
Em atuação paralela como tradutor literário, publicou, pela Editora Globo, a tradução, diretamente do russo, de dois livros de A. S. Púchkin: “PequenasTragédias” (2006) e Boris Godunov (2007). Traduziu ainda, diretamente do russo, “Memórias de Um Caçador” (Editora 34), de Ivan Turguêniev, “A Morte de Ivan Ilitch” (Coleção Folha Grandes Nomes da Literatura, 2016), de Tolstói, “Memórias do Subsolo” (Coleção Folha Grandes Nomes da Literatura, 2016), de Dostoiévski e “Vida e Destino” (Editora Alfaguara, segundo lugar no Prêmio Jabuti 2015) e “A Estrada” (Editora Alfaguara), de Vassili Grossman.